Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Lisboa, 44º C

por João Sousa, em 05.08.18

"Lá dentro das suas paredes de quase três metros de altura estava incrivelmente fresco e escuro, ou pelo menos foi o que me pareceu. Eles eram cinco a trabalhar, todos eles índios e todos cheios de curiosidade em saber o que é que um polícia mal vestido e todo suado fazia, vindo do forno do deserto. (...) Um deles levou-me de volta a Sky Harbor no camião mais pequeno. Deixou-me no parque e dirigi-me à sala dos cacifos pela porta lateral, para que ninguém visse o estado em que me encontrava; uma vez lá dentro, despi-me e fui direitinho ao chuveiro. Metade da água caiu sobre mim, a restante suponho que a bebi."

[Stephen Gallagher, O Vale das Luzes]

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:14

Tugaspotting [2]

por João Sousa, em 06.02.18

Depois do almoço, Gregório afastou-se sozinho no tractor, passou pela aldeia, para comprar um maço de cigarros. Parou em frente do Bons Laboureurs, para não aborrecer a Ti' Couzenot que o estimava.

- Estou com sede.

- Se cá entraste, tenho a impressão de que não foi para varrer o chão - respondeu a Ti' Couzenot.

Trouxe um jarro de vinho e dois copos, porque ela não era das que desprezam a sua mercadoria.

- O que é que há de novo lá pelas Pédouilles?

- Não há assim lá grande coisa, a não ser que o visconde vai casar-se com Marie-Fraise.

- Ah, sim? - exclamou a Ti' Couzenot, que pouco depois precisou com muita vivacidade o seu pensamento: - Vai por aí haver em todo o concelho muita braguilha a rir-se!

- A sério? - perguntou Quatresous, revirando dois olhos que caíam das nuvens.

- Vê-se bem que acabas de sair de um mosteiro, e não de qualquer outra parte! - gracejou a boa mulher, contando pelos dedos: - O António Paquet, um, o Brás Chavon, dois, o Luisinho e o Joãozinho Poulouque, três e quatro, o Humberto Bretelle, cinco, o português da quinta de Chaume, seis, toda esta cambada se lhe deitou em cima, dessa lambisgóia da Marie-Fraise!

[René Fallet, O Contrabandista de Deus, 1973]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 09:34

Tugaspotting

por João Sousa, em 28.11.17

"O edifício de apartamentos não tinha ninguém a administrá-lo. (...) No primeiro andar, havia três chineses, bem como os habituais 'chicanos, e no segundo vivia um cavalheiro japonês e seis jovens da Cidade do México que possuíam um único fato de um branco-leitoso - cada um podia usá-lo uma noite por semana. Também havia alguns portugueses, um guarda-nocturno do Haiti, dois vendedores das Filipinas e mais 'chicanos."

[Ray Bradbury, A Morte É Um Acto Solitário, 1985]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Uma tosse numa rua escura

por João Sousa, em 27.11.17

"A vida de algumas pessoas pode ser tão sucintamente resumida que não passa de uma porta que bate ou de alguém que tosse numa rua escura, a meio da noite."

[Ray Bradbury, A Morte É Um Acto Solitário, 1985]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Um círculo de acasos

por João Sousa, em 03.06.17

Fui ao stand da Tinta da China comprar o Malparado de Pedro Mexia. A rapariga que estava a atender era giríssima. Tenho a certeza de que o próprio Mexia, um assumido esteta, aprovaria com um sorriso este círculo de acasos: os seus livros, onde ele tanto (e tão bem) escreve sobre raparigas giras, a serem entregues ao leitor por uma rapariga gira.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:57

Pessimismo [8]

por João Sousa, em 03.06.17

(...) Depois bateu uma dúzia de vezes no vidro, na fútil esperança de que o ponteiro estivesse preso embora, na realidade, nunca duvidasse da sua mensagem. Uma notícia que é suficientemente má leva geralmente consigo a sua própria garantia de verdade. Só as boas notícias precisam de ser confirmadas.

[Arthur C. Clarke, Expedição à Terra]

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:00

Leitores e ciência

por João Sousa, em 19.05.16

Com tantos blogues de gente voluntariosa que lê freneticamente, não vi nunca menção a um único livro de divulgação científica. A ser sincero, nem sequer me recordo de ver alguém, num transporte público, a ler um livro de divulgação científica. Não estou a sugerir que andasse toda a gente a ler o Mundos Paralelos de Michio Kaku, menos ainda o Breve História do Tempo de Stephen Hawking, por vezes algo herméticos para os não-iniciados. Mas é que nem o Cosmos de Carl Sagan, que se lê como um romance, nem sequer uma das para-autobiografias de Richard Feynman, que se lêem como uma comédia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

... porque ontem foi o dia mundial do livro

por João Sousa, em 24.04.16

[in Threesome]

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:08

... porque hoje é o dia mundial do beijo

por João Sousa, em 13.04.16

After all, what is a kiss?
An oath that's given closer than before;
A promise more precise; the sealing of
Confessions that till then were barely breathed;
A ruby O to spell the verb: I love!
A secret that's confided to a mouth
And not to ears; a precious moment of
Infinity that buzzes like a bee;
Communion with the fragrance flowers have;
A gentle way for heart to breathe a heart,
For soul from fervid lips to drink a soul!

(Cyrano de Bergerac, original de Edmond Rostand, tradução para inglês
de Charles Renauld)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

O novo blockbuster

por João Sousa, em 13.11.15

Reparei há pouco, ao passar por uma Fnac, que José Rodrigues dos Santos perpetrou um novo livro. Recordo-me de ele, há um par de anos, dizer a seguinte pérola:

 

"Ler um romance meu é como estar a ver uma grande produção de Hollywood."

 

Concordo por inteiro. Tanto o livro de Rodrigues dos Santos como o blockbuster hollywoodesco fazem-se anunciar por maciças campanhas publicitárias; depois revelam-se longos, cansativos, barulhentos, histéricos, pouco credíveis; no fim, deixam ambos a sensação de tempo e dinheiro desperdiçados.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 21:50

O fim da inocência

por João Sousa, em 23.10.15

Ir à estante dos pais tirar A Pérola de John Steinbeck - e perceber à centésima página que afinal o livro era A Pérola jornal erótico vitoriano.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:42

A floricultura na obra da família Dumas

por João Sousa, em 22.10.15

Alexandre Dumas filho escreveu A Dama das Camélias; Alexandre Dumas pai escreveu A Túlipa Negra e, em Os Três Mosqueteiros, uma flor-de-lis desempenha papel relevante na intriga.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

As mulheres segundo Paul Pavilly

por João Sousa, em 04.09.15

(...) Como estava decidido a não ir sozinho a Itália, propus-me viajar em companhia do meu amigo Paul Pavilly.

Já conhecem o Paul, para quem o mundo e a vida se reduzem a uma coisa: a mulher. Há muitos homens assim. A sua existência poetiza-se, ilumina-se com as mulheres. O mundo só é tolerável porque existem nele mulheres, o Sol brilha apenas para as iluminar e valorizar, e o ar respira-se com prazer porque lhes afagou as faces e lhes roçou pelas cabeleiras.

 

(Guy de Maupassant, "As Irmãs Rondoli")

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 10:09

A "arca" de Agatha Christie

por João Sousa, em 24.08.15

Julius Green, produtor de teatro ligado a múltiplas encenações de obras de Agatha Christie, encontrou 10 peças inéditas nos arquivos da escritora. Pelo sim pelo não, espero que essas obras NÃO sejam editadas com fanfarra comercial. Por ocorrências semelhantes com outros autores, cheguei à conclusão de que se um autor esqueceu uma obra no seu arquivo, é porque tinha razões para tal.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 11:11

Retratos do optimista [1]

por João Sousa, em 04.08.15

(...) É assim que sucede sempre às almas bondosas; vêem tudo com as cores mais sedutoras, não esperam de ninguém o mal, mas só o bem. E quando verificam terem-se enganado, não querem reconhecê-lo, teimam em não ver a verdade, até que sofram as consequências da sua ingenuidade.

 

(Fiódor Dostoiévski, "Crime e Castigo")

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 14:16


Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Pesquisar

Pesquisar no Blog