Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Maestro Carpenter

por João Sousa, em 31.01.19


[John Carpenter - Welcome to LA (They Live Soundtrack)]

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:55


3 comentários

Imagem de perfil

De Pedro Nogueira a 01.02.2019 às 16:42

Não me lembro em que cinema vi este filme, mas claro que o vi. O "The Fog", sei eu que o vi nas sessões da meia-noite do Quarteto. Naquelas em que se pagava um bilhete e eles passavam dois filmes. Depois de uma sk8tada na Alameda e um cone com cobertura na Gelataria Surf, não havia melhor. Grandes 80's :)
Do "The Fog", ficou-me para sempre a voz da Adrienne Barbeau:
"Ahoy, mateys. This is KAB, Antonio Bay. Stevie Wayne, here, beaming a signal across the sea. For the men in the 'Sea Grass', a warm hello and keep a watch out for that fog bank, heading in from the west. In the meantime, relax with me..." :))))
Já não há filmes de terror como os do Carpenter. Agora chamam terror a violência gratuita com efeitos especiais.
Imagem de perfil

De João Sousa a 02.02.2019 às 23:20

O Nevoeiro é um filme muito desvalorizado do mestre e tem (mais) uma boa banda-sonora de sua autoria. Eu penso que, além de não se falar tanto da sua filmografia como é merecido, ainda menos vezes é recordada a sua competência como músico. A banda-sonora do Prince of Darkness, outro filme injustamente negligenciado pela memória colectiva, é um dos discos que mais vezes ouço e funciona muito bem como "obra conceptual", sem necessitar do suporte das imagens para as quais foi composta. Não creio que tenha sido por mero "golpe publicitário" que Jean-Michel Jarre convidou John Carpenter para o seu disco de colaborações de há um punhado de anos.

(E sim, a voz de Adrienne Barbeau n'O Nevoeiro é suficiente para o filme merecer uma bolinha no canto do ecrã.)

Felizmente, não sou tão pessimista: acho que ainda se consegue descobrir bom cinema de terror que vive da "atmosfera" em vez da simples "sangueira". O cinema asiático, por exemplo, tem uma grande tradição no género.
Imagem de perfil

De Pedro Nogueira a 03.02.2019 às 16:44

Confesso a minha total ignorância no que a cinema de terror asiático diz respeito. Se alguma vez vi algum, não me lembro.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D




Pesquisar

Pesquisar no Blog