Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Confessions of a Mini Addict

por João Sousa, em 26.08.20

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 09:29


6 comentários

Sem imagem de perfil

De Janita a 26.08.2020 às 19:58

Veja lá se, no tempo em que passava este anúncio na TV, ainda era muito jovem, não tinha nascido, ou, adolescente, sonhava com um carrito destes para passear com a namorada...

https://www.youtube.com/watch?v=Tr1ePFm2RrQ

Boa noite.

Imagem de perfil

De João Sousa a 28.08.2020 às 10:48

Já me aconteceu começar a trocar "cromos" da infância com conhecidos. Há muitos que se lembram do "gasolina mal precisam, oficina nem falar" e alguns até respondem com "que diabo de negócio eu havia de arranjar": forma-se logo ali uma espécie de irmandade entre nós. Referências comuns de cultura pop são um poderoso ingrediente para a criação de "laços tribais".

Por outro lado, há um outro anúncio de parece ter desaparecido da memória colectiva: "não, estava a go-gozar co-com ele".
Sem imagem de perfil

De Janita a 28.08.2020 às 13:50

Esse não sei qual é.
Agora o anúncio inesquecível de miúdos e graúdos, é o da miúda do gás.

https://www.youtube.com/watch?v=q8t8cZh2mX4

Quem não? Duplamente inesquecível. Pela miúda e pelo tema musical...
Imagem de perfil

De João Sousa a 29.08.2020 às 17:07

O anúncio do "gozar" era do Trinaranjus de limão. Nunca o consegui encontrar no Youtube.

Ah, a rapariga do gás. Um colega meu passou, sem exagero, duas semanas a azucrinar-me a paciência: "O quê, ainda não viste a miúda do gás? Tens que ver a miúda do gás. Como é que ainda não viste a miúda do gás?" Eu raramente via televisão em directo, era por isso, gravava o que queria ver para passar por cima da publicidade.
Sem imagem de perfil

De Janita a 31.08.2020 às 01:36

Mau!!! Afinal, agora viu ou não viu a miúda do gás?

Está difícil admitir...
Imagem de perfil

De João Sousa a 31.08.2020 às 11:20

:) Ah sim, ao fim das duas semanas de assédio do meu colega pude dizer-lhe que, finalmente, tinha visto a tal rapariga do gás e que, sim senhor, conseguia compreender o porquê de comoção tão generalizada.

Penso até que vi primeiro a publicidade numa revista. Li algures que a Galp gastou mais dinheiro na promoção da nova garrafa do que no seu desenvolvimento.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Pesquisar

Pesquisar no Blog