Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O comandante lascivo

por João Sousa, em 18.12.11

A história pode ser contada em poucas palavras. O comandante da Polícia Municipal de Coimbra, Euclides Santos, enviou por correio electrónico uma mensagem natalícia aos funcionários da Câmara - mas essa mensagem tinha a forma de um powerpoint manhoso que combinava votos de boas festas com imagens de senhoras exibindo o trabalho dos seus cirurgiões plásticos. Minutos depois, deu-se conta do sucedido e enviou desculpas - mas o Presidente da Câmara achou por bem suspendê-lo e instaurar um processo disciplinar.

 

Raras vezes tenho encontrado tão vasto consenso nacional. Da Esquerda à Direita, reina a solidariedade para com o comandante. A Esquerda saliva por poder chamar "puritano direitolas" ao presidente da Câmara, eleito pelo PSD. A Direita fica satisfeita por se mostrar "progressiva" e liberal: "o que o comandante faz com os amigos não deve ser matéria pública".

 

Aparentemente, sou uma das quatro pessoas no país que acha muito bem que se suspenda o sr. Comandante.

 

A mim, não me preocupa nada que o sr. Euclides Santos troque emails picantes (ou mais do que isso) com os seus amigalhaços. Na verdade, pelo contrário: deve ser sinal de se tratar de um "gajo porreiro", com quem seria divertido beber umas imperiais e comer uma caracolada. Aquilo que um detentor de cargos públicos faz na sua privacidade não me interessa para nada - desde que não seja ilegal nem vá contra posições que ele defenda publicamente.

 

O problema, aqui, é que o powerpoint manhoso não foi enviado pelo sr. Euclides Santos aos seus amigalhaços - foi enviado pelo comandante da Polícia Municipal Euclides Santos, durante o expediente, a todos os funcionários da Câmara. E isto não tem defesa.

 

É que se o comandante pensava estar na sua conta privada, é mau: acho incorrecto que usasse o horário de trabalho e equipamentos pagos pelo contribuinte para tratar da sua vidinha. Se, pelo contrário, o comandante usava conscientemente a conta de trabalho, pensava estar a enviar um outro ficheiro e enganou-se, é mau pois tal significaria que já tinha usado o computador de trabalho para os seus lazeres pessoais.

 

Mas é, acima de tudo, uma questão de dignidade institucional que é necessário defender para algumas posições. Que autoridade pode invocar um comandante que envia emails oficiais a desejar "um bom ano com sexo incrivel"?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:05


Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D




Pesquisar

Pesquisar no Blog